Postagens

Caçador de Sonhos

Ando pelas ruas da minha Porto Alegre
Olho para o Guaíba, e sinto um sonho,
Vivo amores frustantes,
Encontro falsos amores,
Mas sou um caçador de sonhos,
Bebo pelos bares,
Entro em profundo delírio num copo de cerveja,
Busco um sonho de um amor,
Queria voltar para casa e ver meu amor me esperar com um sorriso,
Sinto o ar dessa cidade que não quer me deixar ir embora,
Queria caçar o sonho de ser feliz,
Viver uma vida digna,
Luto como um gladiador na arena,
Matar ou morrer é o meu lema,
Sento na margem do rio, olhando o céu,
Olho para a estrela solitária e me identifico com ela,
Sinto a brisa do rio e espero o sonho da felicidade chegar.

Porto Alegre, Outubro 2000
Autoria: Paulo Furtado


Paulo Furtado

Imagem

Paulo Furtado

Imagem

Poema para Núbia

Muitas vezes não consigo falar o que sinto,
Mas escrevo que eu sinto,
Não sei falar eu ti amo,
Mas escrevo que eu ti amo,
Não sei ser amigo, sem sentir emoção,
Mas me considero o teu melhor amigo,
Não sei quem você é,
Mas sinto e escrevo que você é uma grande mulher,
Queria ter você ao meu lado,
Mas sei que somente o tempo dará a resposta,
O seu jeito de anjo, e fascina,
O tempo corre velozmente,
A cada dia a história se constroe,
Luto contra a solidão,
Queria te beijar e te abraçar,
Ter você comigo o tempo todo,
Queria te-la no palco da minha vida,
A cada lugar que passo me sinto só,
Espero que um dia você fique comigo,
Para sermos um grande casal,
Ou grandes amigos,

Porto Alegre, 10/07/2000
Autoria: Paulo Furtado

Ano novo paulo furtado

Imagem

Pronunciamento de Paulo Furtado

Imagem